GUIMARÃES, Irineu

De IHGP
Ir para: navegação, pesquisa

N. Guarará, MG, 1900. F. 1984. Professor de inglês e diretor do Colégio Piracicabano, primeiro brasileiro e primeiro leigo a dirigir a escola, de 1935 a 1938. Elias (2000) registra que ele era de família pobre e estudou em Juiz de Fora, MG, no Instituto Granbery, graças a uma bolsa de estudos. Como prêmio acadêmico, entre 1920 e 1922 pôde freqüentar nos EUA a Emory Academy e a Universidade Metodista do Sul. De volta ao Brasil, deu aulas de inglês e português e dirigiu o Departamento Primário do Instituto Granbery. Após deixá-lo, tornou-se professor do Instituto Izabela Hendrix e da Escola Normal Oficial, ambos em Belo Horizonte. Polêmico e corajoso, “figura marcante e personalidade ímpar”, afável com os estudantes e de coração generoso, segundo depoimentos de alunos do seu tempo, transcritos por Elias (2000), Guimarães enfrentou dificuldades e tensões em virtude das suas convicções ideológicas e políticas na época do Estado Novo de Vargas, quando um processo foi aberto contra ele. Deixou o Colégio Piracicabano no início de 1938 e passou a trabalhar em Juiz de Fora, MG, assumindo o cargo de vice-diretor (1940) e reitor (1943) do Instituto Granbery. Afastou-se deste quando o elegeram vereador e tornou-se afiliado do Partido Comunista. Já aposentado, criou na Zona da Mata um orfanato e uma creche para crianças carentes (Elias, 2000; C. Rangel, Jornal de Piracicaba, 18.9.2004). São de sua autoria os versos da marcha oficial do Colégio Piracicabano, com música de Leandro Guerrini e revisão harmônica de Erotides de Campos (vv.).



Pfromm Netto, Samuel, 1932-2012. Dicionário de Piracicabanos / Samuel Pfromm Netto. — 1. ed. — São Paulo : PNA, 2013.