DINIZ, Moacyr

De IHGP
Edição feita às 10h47min de 25 de maio de 2015 por Adminihgp (Discussão | contribs)

(dif) ← Edição anterior | Revisão atual (dif) | Versão posterior → (dif)
Ir para: navegação, pesquisa

N. Piracicaba, 4.6.1903. F? Professor, cirurgião dentista, músico. Cursou o Grupo Escolar Moraes Barros e formou-se pela Escola Normal Oficial (posteriormente, “Sud Mennucci”). Diplomou-se pela Escola de Farmácia e Odontologia de São Paulo, tendo vivido em Jaú, SP, e São Carlos, SP. Quando jovem, trabalhou como auxiliar de escritório. Tornou-se violinista e passou a apresentar-se em festas. Ao tempo do cinema mudo, foi violinista da orquestra do Cine Teatro São Pedro, em Jaú. Fixou-se depois na cidade de São Carlos, onde lecionou ciências no Ginásio Diocesano. Após retornar à cidade natal, exerceu o magistério como professor de ciências na Escola Normal Oficial, no Colégio Assunção e no Colégio Piracicabano. Fundou, organizou e dirigiu durante muitos anos, em meados do século, o Clube de Ciências, criado junto à Escola Normal Oficial, primeiro clube dessa natureza criado no país. O clube mantinha um museu cujos pertences incluam achados arqueológicos de Piracicaba, de origem pré- colombiana (Krähenbühl, 1955). Participou em 1938 como membro efetivo do 1º Congresso Brasileiro de Odontologia e em 1951 recebeu a Medalha de Ouro de Honra ao Mérito, que lhe foi conferida na rádio Tupi de São Paulo. Publicou numerosos trabalhos em revistas e jornais, sobre odontologia, biologia e música, e os livros “Os dentes e a saúde” e “Deus e a ciência do homem moderno”. Uma rua no bairro Jaraguá lembra seu nome.



Pfromm Netto, Samuel, 1932-2012. Dicionário de Piracicabanos / Samuel Pfromm Netto. — 1. ed. — São Paulo : PNA, 2013.