COOPER, Clyde Lloyd

De IHGP
Edição feita às 10h28min de 22 de maio de 2015 por Adminihgp (Discussão | contribs)

(dif) ← Edição anterior | Revisão atual (dif) | Versão posterior → (dif)
Ir para: navegação, pesquisa

N. Missouri, EUA, 1901. F. Georgetown, Texas, EUA, 22.4.1993. C.c. Pauline Cooper. Ff.: Bonnie, Júlia, Peggy. Professor, reverendo metodista, esportista. Veio ao Brasil com a esposa e filhas, em fins de 1929, para trabalhar no Colégio Piracicabano, como professor de inglês e história natural. A família residiu num bangalô no alto da rua Boa Morte, pegado e acima da casa de Carlos Paolieri, quase em frente do Asilo de Órfãs. Moraram também em casa à rua D. Pedro II, entre as ruas Alferes José Caetano e do Rosário, que anteriormente foi de Lilly Alice Stradley (v.). Esportista entusiasta, introduziu a prática de bola ao cesto na cidade, dando também aulas de recreação esportiva no colégio. Participou da fundação da Liga Piracicabana de Basquete, tendo sido em 1933 seu primeiro vice-presidente. O jornal “O Piracicabano” contou com Mr. Cooper como gerente e Josaphat de Araújo Lopes como redator chefe, nos anos trinta. Dirigiu o Colégio Piracicabano de 1932 a 1935, com dedicação e competência exemplares. Os alunos viam nele o “líder e um amigo verdadeiro”, segundo um relatório da época, sendo “elogiado pelo seu alto senso de justiça e seu humor” (Elias, 2001). Após deixar a direção do Piracicabano, Cooper transferiu-se para o Colégio Americano de Lins, SP. Posteriormente, passou a dirigir em Birigui, SP, o Instituto Noroeste e após alguns anos o Instituto Grambery de Pires de Rio, GO. Em 1969 retornou aos Estados Unidos, falecendo em seu país natal aos 92 anos de idade. (N. K. Costa, Jornal de Piracicaba, 27.5.1993).


Pfromm Netto, Samuel, 1932-2012. Dicionário de Piracicabanos / Samuel Pfromm Netto. — 1. ed. — São Paulo : PNA, 2013.