CAVALCANTI, Pedro de Moraes

De IHGP
Edição feita às 14h22min de 21 de maio de 2015 por Adminihgp (Discussão | contribs)

(dif) ← Edição anterior | Revisão atual (dif) | Versão posterior → (dif)
Ir para: navegação, pesquisa

N.c. 1652. C. 1680, provavelmente em Itu, c. Francisca de Almeida. Teria sido filho do capitão Pedro Moraes Madureira e de Antônia de Moura Cavalcanti, sua segunda esposa (Bogociovas, 2006). Sertanista. Em 15.11.1693 requereu e obteve do capitão-mor Manuel Peixoto da Motta a primeira sesmaria da região de Piracicaba (Marques, 1980). Informa a fonte citada: “o peticionário alegou que ia povoar com toda a sua família, de uma a outra banda do rio Piracicaba, ficando o salto no meio”, de acordo com o que constava no Livro 11 das sesmarias antigas, do Cartório da Tesouraria de Fazenda de São Paulo, livro que foi totalmente destruído, segundo Guerrini (1970; Léo Guerra, Jornal de Piracicaba, 20.11.1977). É levantada por Neme (1943) a hipótese de que Cavalcanti não teria tomado posse da sesmaria nem procedido os melhoramentos que a legislação exigia, de modo que possivelmente as mesmas terras passaram a pertencer a Felipe Cardoso (v.) em 1726. No bairro Matão há uma rua Pedro de Moraes Cavalcanti, entre as av. Itararé e Raposo Tavares (Bogociovas, 2006).


Pfromm Netto, Samuel, 1932-2012. Dicionário de Piracicabanos / Samuel Pfromm Netto. — 1. ed. — São Paulo : PNA, 2013.