CANTO, Manoel Morato do, Alferes

De IHGP
Edição feita às 13h35min de 21 de maio de 2015 por Adminihgp (Discussão | contribs)

(dif) ← Edição anterior | Revisão atual (dif) | Versão posterior → (dif)
Ir para: navegação, pesquisa

N. Santana de Parnaíba, SP, séc. 18. F. Rio das Pedras, SP, 1843. C.c. Rita Bueno de Carvalho. Veio para Piracicaba em princípios do século 19, e passou a viver na fazenda Bom Jardim, em Rio das Pedras. O casal teve vários filhos, entre os quais Rita Morato de Carvalho, mãe do Barão de Serra Negra, e Francisca José da Conceição, esposa de António José da Conceição. No almanaque de Krähenbühl (1955), é mencionado como fundador da cidade de Rio das Pedras, segundo o historiador F. Nardy Filho. Alferes da 2ª Companhia da vila de Iguape, Morato do Canto foi juiz ordinário em sua terra natal. Descendia em linha reta de Amador Bueno da Ribeira de Tibiriçá, de acordo com o linhagista Silva Leme.


Pfromm Netto, Samuel, 1932-2012. Dicionário de Piracicabanos / Samuel Pfromm Netto. — 1. ed. — São Paulo : PNA, 2013.