CAMPOS, Benedito Rocha

De IHGP
Edição feita às 13h24min de 21 de maio de 2015 por Adminihgp (Discussão | contribs)

(dif) ← Edição anterior | Revisão atual (dif) | Versão posterior → (dif)
Ir para: navegação, pesquisa

(Séc. 20). Comerciante, estabelecido com agência de jornais, revistas e livros à praça José Bonifácio, perto da rua S. José. Transferiu-se por volta dos anos 40 para a rua Prudente de Moraes, nº 157. Registrou seu estabelecimento no comércio piracicabano a 6.7.1939, sob nº 165. Pai do advogado e bancário Raul Rocha Campos, que iniciou sua carreira profissional em Piracicaba, transferindo-se depois para São Paulo. A Agência Campos foi antecessora da Agência Cury, de Silvio Cury, à rua XV de Novembro, atrás da Catedral; a agência da família Huffenbächer, ao lado da praça da Catedral; e as dos irmãos Gianetti, inicialmente na praça José Bonifácio, nº 839, e depois em outros locais (Estação Rodoviária, rua Benjamin Constant, rua XV de Novembro), assim como várias bancas de jornais e revistas em diferentes pontos da cidade, sete ao todo em 1967. O almanaque editado por Capri (1914) tem um anúncio de agência que funcionou à rua Moraes Barros, nº 159 desde 1905, de propriedade de António F. de Moraes, que, além dos periódicos, tinha à venda cartões postais, artigos de papelaria e “colossal stock dos afamados acendedores Imperador e pedras de faíscas”. O “Almanach” de Camargo para 1900 menciona um Rocha Campos lavrador entre os que pagavam “imposto de café, de açúcar ou de aguardente à Câmara de Piracicaba”: Bernardo da Rocha Campos.


Pfromm Netto, Samuel, 1932-2012. Dicionário de Piracicabanos / Samuel Pfromm Netto. — 1. ed. — São Paulo : PNA, 2013.