BRANCO, Manuel Lopes Castelo

De IHGP
Edição feita às 14h37min de 20 de maio de 2015 por Adminihgp (Discussão | contribs)

(dif) ← Edição anterior | Revisão atual (dif) | Versão posterior → (dif)
Ir para: navegação, pesquisa

(Século 18). De acordo com Guerrini (1970), a 25.7.1728 foi-lhe doada sesmaria na região de Piracicaba, “porque tinha feito suas roças de uma e outra parte do rio Capivari, sem constrangimento de pessoa alguma, havia três para quatro anos”. Segundo Neme (1974), ele recebeu “légua e meia de terras em quadra no caminho e sertão de Piracicaba, junto do rio Capivari, de uma parte e outra dele”. Neme acrescenta que a alusão ao “Sertão de Piracicaba” não deixa dúvidas “quanto à locali-zação em terras além-rio Capivari, excetuada uma parte da gleba de Castelo Branco, na sua integridade margeada pelo caminho de Piracicaba, mas dividida em duas porções pelo referido rio”. Desse “sesmeiro da primeira fase” da história piracicabana, Neme nada pôde apurar quanto a ascendentes ou descendentes.



Pfromm Netto, Samuel, 1932-2012. Dicionário de Piracicabanos / Samuel Pfromm Netto. — 1. ed. — São Paulo : PNA, 2013.