DUTRA, Miguel Ângelo Bonarroti

De IHGP
Ir para: navegação, pesquisa

N. Itu, SP, 1838. F. Piracicaba 5.8.1914. Músico, artista plástico. C.c. Carolina Dutra. Ff.: Joaquim Miguel (v.), Maria, Messias, Sebastião. F. de Miguel Archanjo Benício de Assumpção Dutra, o Miguelzinho (v.). Destacou-se mais como músico, de acordo com Velloso (2000), muito embora Osório de Souza em soneto datado do dia da sua morte, realce igualmente seu talento como pintor nestes versos: “Foste pintor e foste um violinista:/ ainda à tua fronte vem, perpassa/ o brilho de aquarelas entre a graça/ de uma valsa dormente e fantasista”. Velloso (op. cit.) acentua que Miguel Ângelo acompanhava o pai “em todas as empreitadas, quer na execução de obras, como na execução de altares e afinação de pianos e órgãos”. Residiu em Piracicaba à rua Direita, 212 (atual Moraes Barros), em casa que depois passou a ser de seu filho Joaquim Miguel, na qual este nasceu e também onde nasceram Antônio de Pádua e Archimedes Dutra (vv.). A mesma casa serviu de residência para Alípio, João e José Benedicto Dutra, quando moços.



Pfromm Netto, Samuel, 1932-2012. Dicionário de Piracicabanos / Samuel Pfromm Netto. — 1. ed. — São Paulo : PNA, 2013.