CORSO, Serafino

De IHGP
Ir para: navegação, pesquisa

N. Varazze [Gênova?], Itália, séc. 19. F. séc. 20. Arquiteto. Foi o responsável pelo projeto do prédio do Grupo Escolar Moraes Barros, inaugurado em 1904 na atual Praça Tibiriçá. Juntamente com o empreiteiro Carlos Zanotta (v.), que acompanhou a construção do edifício, Corso responsabilizou- se igualmente pelo projeto e pela execução das obras do portal do Cemitério da Saudade, no início do século 20, também construído pelo empresário Zanotta em 1906 e inagurado a 2.11 do mesmo ano. Naquela ocasião, o portal foi elogiado como “um dos mais belos do mundo” (Elias Netto, 2003). O portal foi tombado pelo Conselho de Defesa do Patrimônio Artístico e Cultural de Piracicaba e sua restauração obteve aprovação do Conselho em 2006. Da chácara Santa Cruz, de sua propriedade, na capital do Estado, saiu a área central do bairro paulistano da Lapa. Corso está sepultado em túmulo do Cemitério da Saudade, com um bloco de mármore contendo inscrição em italiano. Uma travessa próxima das avenidas Independência e Saldanha Marinho tem seu nome.


Pfromm Netto, Samuel, 1932-2012. Dicionário de Piracicabanos / Samuel Pfromm Netto. — 1. ed. — São Paulo : PNA, 2013.