CHAVES, Zeferino

De IHGP
Ir para: navegação, pesquisa

(Séc. 19-20). Farma- cêutico e principal proprietário da Farmácia Central, à rua Direita (atual Moraes Barros), nº 171. No almanaque de Camargo (1900), anunciava os diversos preparados Chaves, de sua fabricação e à venda na farmácia: Colírio Amarelo, Gotas Verdes (à base de cocaína, para dor de dentes), pílulas Anti-febris (para sezões ou maleitas e febres intermitentes), Pílulas Contra a Opilação ou Amarelão e Xarope Peitoral. Chaves comprou a Farmácia Central de Guilherme de Mattos em fevereiro de 1899, transferindo-a para o outro lado da rua, segundo Camargo. Contudo, em anúncio no livro de Capri (1914), Guilherme de Mattos figura novamente como único proprietário da Farmácia Central.


Pfromm Netto, Samuel, 1932-2012. Dicionário de Piracicabanos / Samuel Pfromm Netto. — 1. ed. — São Paulo : PNA, 2013.