BARROS, Maria Pais de (née Souza Barros)

De IHGP
Ir para: navegação, pesquisa

N. São Paulo, SP, 9.7.1851. F. São Paulo, 11.9.1952. C.c. António Pais de Barros, seu primo. Filha primogênita do 2º casamento do comendador Luiz António de Souza Barros (v.) e de Felicíssima Campos Barros. Foi, portanto, neta do brigadeiro Luiz António de Souza Queiroz. Fundou o Hospital Samaritano e a Sociedade Tênis Clube Paulista, dirigiu a Maternidade São Paulo e foi correspondente de várias personalidades de renome nos meios culturais europeus, notadamente na França e na Inglaterra. Pertenceu ao Instituto Histórico e Geográfico de São Paulo. Uma das suas irmãs lecionou línguas estrangeiras e piano no Colégio Piracicabano. Tinha mais de 80 anos de idade quando publicou uma “História do Brasil” e em 1944, com prefácio de Monteiro Lobato, lançou seu livro de memórias: “No tempo de dantes” (2ª ed., 1998). Neste último a autora se refere várias vezes às fazendas do sogro no interior paulista, entre as quais a fazenda Corumbataí de Piracicaba, onde a família passava as férias durante longos meses, nos tempos do Império. Lembra que brincava com outras crianças no Piracicamirim, “que corria a certa distância..., na água límpida do ribeirão, que corria sobre alvas pedrinhas”. Diz que “as estradas, em Piracicaba, apresentavam-se bem conservadas em contraste com as outras, suas vizinhas. A uma légua de distância, passava-se por uma aguada, onde se viam a um lado, na orla do mato, algumas barracas habitadas por homens, mulheres e crianças em miserável estado de pobreza e enfermidade”. Refere-se à entrada em Piracicaba, “subindo a colina pela rua principal, que ia dar na ponte sobre o rio... pobre ponte enegrecida”, em mau estado de conservação. Lembra, contudo, que “acima do salto, uma bela e sólida ponte”, sobre o “turbulento e encachoeirado Piracicaba”, tinha sido recentemente construída. Alude aos numerosos escravos que trabalhavam na fazenda, assim como a uma colônia de alemães e suíços dedicados ao cultivo do café (colônia São Lourenço).


Pfromm Netto, Samuel, 1932-2012. Dicionário de Piracicabanos / Samuel Pfromm Netto. — 1. ed. — São Paulo : PNA, 2013.