BARROS, Amando de

De IHGP
Ir para: navegação, pesquisa

. N. Piracicaba, 1.9.1860. F. São Paulo, 13.12.1920. Político, deputado estadual, vereador, coronel, viveu a maior parte da sua existência em Botucatu, SP. Vice-prefeito de Botucatu na época da instauração do regime republicano no país, participou dos primórdios do Partido Republicano botucatuense e integrou o Conselho de Intendência do município, que substituiu a câmara de vereadores em 1890- 91. Em 1893 fez parte do grupo de cidadãos que criaram a Santa Casa de Misericórdia de Botucatu, inaugurada oito anos depois. Foi vereador de 1899 a 1903, em 1908 e de 1911 a 1916. Elegeram-no deputado estadual em duas legislaturas. No seu testamento, deixou um pequeno legado para a Santa Casa de Misericórdia de Piracicaba. Seu nome foi dado em 1927 ao orfanato Amando de Barros (depois Casa das Meninas Amando de Barros). A antiga rua do Comércio de Botucatu ganhou seu nome (Donato, 1985).


Pfromm Netto, Samuel, 1932-2012. Dicionário de Piracicabanos / Samuel Pfromm Netto. — 1. ed. — São Paulo : PNA, 2013.