BARR, Cornélia e Willie

De IHGP
Ir para: navegação, pesquisa

(Séc. 19-20). Faziam parte do primeiro grupo de alunos regulares do Colégio Piracicabano, no ano de 1881. Eram enteados do pastor metodista Junius E. Newman, organizador da primeira igreja metodista no país, em Saltinho, que se transferiu para Piracicaba após o falecimento da esposa. Os demais alunos eram Maria das Dores e Sócrates de Oliveira, ff., e Hilário dos Santos, pupilo, do promotor público António Joaquim Oliveira; Elisa e Margarida Diehl, ff. de Jacob Diehl; Ana Maria, Elisa, Jorge e Nicolau, ff. do Senador Moraes Barros; Otto Keiferth, f. de João Keiferth; Nora e Mary Smith, pertencentes a família estadunidense que vivia em Piracicaba; Angelina e Maria Izabel de A. Barros, ff. de Luiz António de A. Barros; Olívia Ferraz, f. de Joaquim Ferraz; Ana e Flávia da Silva Gordo, ff. de António José da Silva Gordo, cunhado do senador Moraes Barros; Geraldina Borges, f. de Cândido Borges da Cunha; Maricota Gomes, f. de Francisco Pimenta Gomes; Elisa Lopes, f. de A. Oliveira Lopes; Narcisa Augusta de Figueiredo, enteada do juiz de direito Joaquim de Toledo Piza e Almeida; Maria Amélia e Prudente, ff. de Prudente José de Moraes Barros; Alícia dos Santos, f. de José dos Santos; Maria Leopoldina, Rita e Josefina Soares, pupilas, e José Rocha Faria, f. de José A. Faria; e quase ao fim do ano, Mizael e Cristiano Vieira Ottoni, ff. do Senador Cristiano Ottoni e sobrinhos de Luiz de Queiroz e Ermelinda Ottoni de Souza Queiroz (Elias, 2001).


Pfromm Netto, Samuel, 1932-2012. Dicionário de Piracicabanos / Samuel Pfromm Netto. — 1. ed. — São Paulo : PNA, 2013.