ARRUDA, Miguel Antônio Gonçalves de

De IHGP
Ir para: navegação, pesquisa

N. Piracicaba, 12.11.1837. F. Piracicaba, 11.8.1896. Comendador, proprietário rural, vereador, capitão. Ocupou vários cargos importantes, tendo sido vereador de 1881 a 1891, juiz de paz, juiz municipal e suplente de delegado de polícia. Foi provedor da Santa Casa de Misericórdia de 1889 a 1891, ao tempo em que a cidade e a província enfrentavam uma grande epidemia de varíola. Quando vereador, empenhou-se, por volta de 1881, pela criação de um mercado municipal. O “Almanak da Província de São Paulo para 1873” menciona-o como integrante do 12º Batalhão de Infantaria da ativa , sediado em Constituição, na condição de capitão. Membro do Partido Liberal, no derradeiro ano do Império foi galardoado com o título de comendador. Sabe-se que se empenhou junto aos companheiros de partido em favor da abolição de escravatura (Guerrini, 1970). Fez parte do primeiro Conselho Fiscal do Banco de Piracicaba, surgido em 1891 por iniciativa de um grupo de capitalistas e tendo como presidente o Conde de Pinhal, que permaneceu nesse cargo até 1899. Camargo (1900) registra a data de 21.8.1896 como a do seu sepultamento e a ele se refere como “um comendador caridoso”.



Pfromm Netto, Samuel, 1932-2012. Dicionário de Piracicabanos / Samuel Pfromm Netto. — 1. ed. — São Paulo : PNA, 2013.