AMARAL, Delfim (Delfino) Egídio do

De IHGP
Ir para: navegação, pesquisa

(2ª metade do séc. 19). Eleito em 1869 para ocupar o cargo de secretário da Câmara Municipal de Constituição. Atuou nessa condição até 1871, quando ganhou a eleição promovida pelos vereadores para a escolha do novo procurador (tesoureiro) da Câmara. Aparece como “partidor’ na relação de pessoas ligadas à área jurídica local, segundo o “Almanak da Província de São Paulo para 1873”, e como proprietário de um bilhar local, na década de 70. Seu nome está ligado a incidente ocorrido em 1876, quando fez “insinuações malévolas” contra vereadores, nas páginas do jornal “Piracicaba”, de 2 de abril desse ano. O incidente ocasionou a demissão do procurador (Guerrini, 1970).



Pfromm Netto, Samuel, 1932-2012. Dicionário de Piracicabanos / Samuel Pfromm Netto. — 1. ed. — São Paulo : PNA, 2013.