AGUIAR, Adelardo de Souza

De IHGP
Ir para: navegação, pesquisa

[Adelardo de Aguiar e Sousa] (Séc. 19). Guerrini (1982) aponta-o como o primeiro cidadão de Piracicaba que possuiu um fonógrafo. Além de reproduzir sons, o aparelho também funcionava como gravador, tendo registrado (setembro de 1895) discursos, nas vozes do intendente municipal de então, coronel Joaquim Fernandes de Morais Sampaio (v.), e do professor Antônio de Melo Cotrim (v.). Feitas em cilindros de cera apropriados para uso no aparelho inventado em 1877 por Edison, essas teriam sido as primeiras gravações de som realizadas em Piracicaba. Trata-se possivelmente do mesmo Adelardo de Aguiar e Sousa mencionado por Veiga (1975) como um dos “membros reerguedores” da Loja Maçônica Piracicaba, restabelecida em 1895, vinte anos após a fundação.

Pfromm Netto, Samuel, 1932-2012. Dicionário de Piracicabanos / Samuel Pfromm Netto. — 1. ed. — São Paulo : PNA, 2013.